dropshipping conheça este método de vendas para e-commerce

Dropshipping: conheça este método de vendas para e-commerce

4 minutos para ler

O dropshipping tem se tornado uma alternativa interessante para negócios como e-commerce e marketplace. Além de ser um método de vendas colaborativo entre lojas e fornecedores, também é bastante vantajoso para o cliente que recebe a mercadoria mais rápido, promovendo sua satisfação. Interessado em saber mais sobre o assunto? Acompanhe mais detalhes no conteúdo de hoje.

Dropshipping: o que é este método de vendas?

Aderir ao dropshipping em sua loja online significa formar uma espécie de parceria com outra empresa que será responsável pelo estoque de mercadorias e envio dos produtos aos clientes. Desta forma, seu e-commerce poderá focar mais na conversão de vendas e estratégias de marketing, sem se preocupar com o pós-venda. Neste método, os lucros são compartilhados entre quem vende e quem dispõe do produto, de forma que seja proporcionalmente vantajoso para ambos os negócios.

Como começar a trabalhar com dropshipping?

Se você está pensando em começar seu próprio negócio online, mas faltam recursos para investir em estrutura, estoque e entrega, o dropshipping pode ser um bom método para entrar no mercado. Crie seu e-commerce, invista nas funcionalidades do seu site, design, marketing digital e experiência do cliente. Em paralelo, procure fechar parcerias com fornecedores de confiança, pois caberá a eles realizarem o envio dos produtos.

Desta forma, quando um cliente compra no seu site, o pedido é encaminhado ao fornecedor que cuidará de todo o resto. Sua loja virtual funcionará como uma ponte entre quem deseja comprar e quem pode fornecer determinado produto, em um processo simples que, muitas vezes, o cliente nem nota.

Prós e contras dessa alternativa para seu e-commerce

Em todo modelo de negócios existem vantagens e desvantagens que precisam ser avaliadas. Selecionamos os prós e contras para quem opta pelo método de dropshipping no e-commerce:

Prós do Dropshipping

  • Exige menos investimento: ideal para quem está começando e tem pouco recurso financeiro. Nem é preciso ter o seu próprio site no começo, pois é possível atuar em plataformas e aplicativos terceirizados.
  • Sem barreiras geográficas: fornecedores de todo o país e até no exterior poderão trabalhar em parceria com a sua loja, eliminando as barreiras geográficas e otimizando o processo de entrega.
  • Diversidade de produtos para diferentes públicos: é possível trabalhar com uma variedade de mercadorias para atender a um público diverso, sem limitar o seu negócio a apenas um segmento.

Contras do Dropshipping

  • Margem de lucro reduzida: os lucros com as vendas são repartidos entre você e os fornecedores, o que significa que sua margem pode ficar um pouco reduzida.
  • Problemas no rastreamento de pedidos: os fornecedores podem utilizar transportadoras próprias, o que acaba dificultando o processo de rastreamento de entregas e atualização do sistema.
  • Ausência de controle de estoque: sem o controle sobre o armazenamento dos produtos, não se sabe o que tem disponível nos estoques. Com isso, qualquer problema no sistema pode ocasionar erros, como a venda de um produto indisponível.

Já que o assunto é o método dropshipping para e-commerce, aproveitamos para falar também sobre o App Tiva. Este aplicativo gratuito oferece soluções para o gerenciamento de cobranças e pagamentos do seu negócio e possibilita criar sua própria vitrine de vendas online. Nós o indicamos para autônomos, PMEs, MEI, ME e freelancers. Então, se você quer conhecer todas as funcionalidades dessa ferramenta, faça o download do app (Android / iOS) grátis!

Você também pode gostar

Deixe um comentário